quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Introdução

Introdução


Este manual irá te dar o passo a passo de como se ganhar dinheiro processando instituições diversas, normalmente as mais facilmente “ processáveis “ são as concessionárias de serviços públicos, grandes empresas, bancos e afins.
As dicas que eu darei são completamente legais, e não dão o menor trabalho. Algumas se baseiam simplesmente no que a lei diz, outras vem da lógica que se você percebe um erro, ignore-o, espere-o acontecer e processe.
Todos os processos descritos por mim não requerem, necessariamente, a presença de advogados, embora possam ser usados se assim se desejar. O que acontece é que muitas das minhas dicas servem única e exclusivamente para tirar dinheiro fácil dos bancos e se você fizer uso de um advogado particular pode parecer que você apenas quer ganhar dinheiro se utilizando da justiça. Nós sabemos que isso é verdade, mas o juiz não precisa pensar assim. Quando você faz uso do Tribunal de Pequenas Causas de forma pública e gratuita, passa uma maior impressão de vítima. Sem falar no fato de que o referido juiz já julgou centenas de casos semelhantes aos seus dando ganho de causa ao cliente em praticamente todos.
No Tribunal de Pequenas Causas a sua defesa é feita pelo advogado pago pelo estado, o que dá uma maior legitimidade ao seu caso. Pelo menos em casos como os de Defesa do Consumidor, que é do que se trata este manual.
Serão citados diferentes problemas recorrentes e formas de ganhar dinheiro com eles, divididos em Concessionárias de Serviços Públicos, Bancos e Administradoras de Cartões de Crédito, Empresas de Cobrança e Detran.
Irei mostar de que forma a lei se coloca em relação ao problema e como caracterizar o dano moral, que embasará o seu pedido de indenização que pode chegar a até 40 salários mínimos. Caso você decida usar a justiça comum pode pedir bem mais, porém é de se julgar se vale a pena. Por exemplo, se você tiver o nome sujo incorretamente dificilmente ganhará mais de R$ 5000,00 ou R$ 6000,00, a não ser que hajam atos vexaminosos envolvidos. Veremos com calma estes detalhes.
Também ensinarei como maximizar o seu problema de modo que ele venha a parecer bem maior do que é realmente, garantindo um maior valor indenizatório.
É necessário ter em mente que os juizes dos Juizados Especiais ( Tribunal de Pequenas Causas ) normalmente tendem a dar ganho de causa para o consumidor, que tem a vantagem legal de ser a parte mais fraca. Nestes casos, que são a maioria, cabe ao Réu ( empresa que está sendo processada ) o ônus da prova. Isto significa que embora seja você quem faz a acusação, cabe a parte ré ( empresa que está sendo processada ) provar que você está errado.
Iremos nos valer de todos estes expedientes para retirar em dinheiro tudo o que a lei nos garante.

18 comentários:

Paulo disse...

Fiz um Financiamento de Um Palio, pelo banco PANAMERICANO, NO MES SETEMBRO/2008, NÃO RECEBI O CARNE PARA PAGAMENTOS, PROCUREI A INSTITUIÇÃO, ATRAVES DE TELEFONE, DISSERAM, ESPERE QUE O CARNE CHEGA EM SEU ENDEREÇO PELOS CORREIOS, O QUE AINDA NÃO OCORREU, A PRIMEIRA PARCELA VENCEU DIA 07/10/2008, FUI COBRADO ATRAVES DE UMA AGENCIA DE COBRANÇA, NO DIA 05/11/2008, PASSARAM O BOLETO ATRAVES DE E-MAIL, E PAGUEI COM JUROS MUITO AUTO, EM SEGUIDA VENCEU A 2 PARCELA, VIERAM ME COBRAR HOJE, E COM MAIS DE 50 POR CENTO DO VALOR, POIS JÁ ESTA COM MAIS DE 30 DIAS DE VENCIDA. gOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PRA RESOLVER ESTA SITUAÇÃO

carlos disse...

e aonde esta o tutorial prometido? e gratuito???? não vi link algum

Adriane ama alguem:Eu disse...

Fui demetida de uma tal maneira q eu acho q nenhum funcionário deveria ser.Trabalhava numa loja de artigos para festas em geral, e ligaram pra minha cara me demetindo deixando esse recado para minha sobrinha,E até hj estão me esrolando pra pagar os dias q trabalhei . como faço pra processar essa loja.

Anderson disse...

NÃO PRECISA DE MANUAL NENHUM! E NÃO PENSE COMO SE FOSSE UMA MANEIRA DE SÓ GANHAR DINHEIRO E SIM QUE VC FOI PREJUDICADO E QUE PASSOU POR ALGUM TIPO DE CONSTRANGIMENTO! É SIMPLES JUNTE O MAXIMO DE DOCUMENTOS QUE PUDER, QUE PROVE QUE VC FOI PREJUDICADO! A JUSTIÇA TRABALHA COM PROVAS CONCRETAS E DOCUMENTADAS! SE VC TIVER UMA TESTEMUNHA MELHOR AINDA! É SÓ IR NA RUA VERGUEIRO NUMERO 835, CONTE O SEU CASO AO ATENDENTE, VÃO CHAMAR AS DUAS PARTES ENVOLVIDAS E SERA DADO O VEREDITO! GERALMENTE LEVAM EM TORNO DE UM MES E POUCO! SE QUIZEREM LIGAR PARA SE ENFORMAR, 3207-5183

Patrícia disse...

Olá...acabei de ser lesada numa compra pelo mercado livre...não só eu como várias pessoas foram enganadas pelo mesmo vendedor que antes tinha uma ótima reputação...
Queria saber se posso mover uma ação no tribunal de pequenas causas contra o mercado livre e receber o meu dinheiro de volta? Tenho chance de vencer?
Obrigada

Galega disse...

Meu nome é Daiane dia 22/02/2010 fui compra um bolo pra minha irmã chegado na casa dela pra come o bolo estava estragado votei no carrefour e o gerente viu que estava estragado e deu outro dia 26/02 fui e comprai um bolo pra mim e familia e amigos fui cortei o bolo e dei pra as crianças depois eu fui esperimenta ta com gosto estragado fui no carrefour trocar ou pega meu dinheiro de volta eles falou que so podia pagar mercadoria que eles não devouvia o dinheiro fui pega outro bolo mais não tinha no meismo valor e como tinha ido trocar não tinha levado dinheiro ai ficou la o meu dinheiro eles não quiz de volver e nem me da um outro bolo a criança no outro dia estavão reclamando com dor na barriga por conta do bolo que tinha comido estragado quero colocar na justiça por danos morais que em preno aniversario passei contregimento evergonha porque não puder compra outro bolo pra comemora com minha familia e amigos e tenha um comprovante meu numero:85871207 meu dai_kettelyn@hotmail.com
gostaria de um retorno.

Anderson disse...

Olá, eu gostaria de tirar uma dúvida. Esse mês eu fiz uma mudança de plano de telefone e internet da Oi. O plano foi o "Oi conta total 2".

Bem, dias depois eu recebi um telefonema da UOL dizendo que para aquele plano eu deveria contratar o serviço do provedor da UOL, pois o provedor da Oi não funcionaria com esse plano. Disseram que eu deveria fazer o primeiro pagamento em cartão e pediram meus dados do cartão para fazer a cobrança.
Eu fui inacreditavelmente idiota para passar esses dados para eles (já que eu tenho necessidade do uso da internet para trabalho e estudos nem pensei duas vezes).

Depois que desliguei o telefone me arrependi e resolvi pesquisar. Descobri que isso era tudo mentira, eu poderia usar sim o provedor da oi que é gratuito. A UOL disse que eu iria pagar 179,00 pela Oi e mais 20,00 pelo serviço do provedor. Mas recebi confirmação da própria Oi que o serviço da UOL não é obrigatório, e que o serviço Oi é uma alternativa grátis. Além disso, o pagamento de 199,00 é para a Oi e mais 20 reais para a UOL, ou seja, mentiram até no preço do plano da Oi para me fazer acreditar que o serviço UOL estaria incluso dentro dos 199,00 pagos no Oi conta total.

Liguei pro SAC do cartão e disseram que o pagamento já tinha sido autorizado no valor de 10,00.

Pedi o cancelamento do serviço UOL 1 hora depois de ter contratado ele (que foi me oferecido de uma forma enganosa). Além do cancelamento (que espero que realmente tenha sido feito, inclusive vou ligar de novo pro cartão e pedir pra bloquear qualquer pagamento posterior a eles) pedi o ressarcimento em dinheiro no valor debitado. A atendente da UOL disse que nenhum pagamento havia sido feito, e eu disse que de acordo com a fornecedora de serviços do cartão o pagamento já havia sido realizado. Bem, mesmo que esse pagamento não tenha sido realizado e que o serviço tenha sido cancelado, gostaria de saber se vale a pena processar a UOL por me fazer uma proposta completamente ilegal (repito, eles disseram que o contrato do provedor UOL era obrigatório, sei que eu também errei ao acreditar, mas eles erraram primeiro, e fizeram algo ilegal, e eu fui vitima dessa ilegalidade). E se eles me cobrarem esse valor de 10,00? E se o cancelamento não tiver sido feito e continuarem me cobrando, o que devo fazer?

Tayane disse...

Tinha um cadastro no mercado livre, vendia produtos . Ele simismente sem Nenhum aviso cancelou meu cadastro, mandou emails pra todos os clientes dizendo para cancelar a negociação e devolveu todo o dinheiro que ja estava em conta ou seja muitos ja estavam com os peitudos e o resto ja estava em transito pra entrega, ñ havia nenhum reclamacao negativa sou honesto. Mais pegaram todo meu dinheiro e ainda esta que estou devendo as porcentagens que eles ka haviam descontado

Gilmar Dutra Martins disse...

Meu amigo;
Gostaria de saber detalhes sobre o fato de se esperar mais de 30 min na fila de bancos. Minha esposa ficou 1:30 na fila e sai revoltada de um banco hoje. Ela obrigou o caixa a carimbar a senha dela com o horário de atendimento e assinar. Podemos processar o banco? Qual o procedimento a seguir?
Att:
Gilmar
e-mail: gilmar1708@hotmail.com

Raquel Darllen disse...

oi..... meu nome é raquel tenhu 17 anos e trabalhei por mais de um ano cuidando de um senhor de idade era eu e meu namorado cuju o senhor era avô dele ...trabalhavamos de domingo a domingo 24 horas por dia ... depois de uns dois meses cuidando dele meu namorado começou a trabalhar fora e eu fiquei com o serviso todo pra min eu tinha que levar ele pro banhu por fralda vestir roupa fazer comida lavar e passar roupa e cuidar da casa .... eu e meu namorado terminamos e ele saiu da casa onde moravamos com o seu avô depois de uns 15 dias eles min mandaram enbora e alegaram que o povo ian falar por eu sendo nova bonita e por ser mulher cuidando de um senhor sozinha ...eu contava com esse emprego e eles nãomin pagaram nem as feriias eu ja entrei com advogado mas estão galegando que eu não trabalhava pra eles ....o que faço ??

Orlando Sousa disse...

Boa tarde, estou com um processo na justiça contra o banco itau, já teve a primeira audiencia a segunda ficou marcada pra março, só q agora veio uma cobrança do mesmo problema ai eu liguei pra lá, reclamando disso, ela disse q ia devolver o valor, eu disse que ia falar com o meu advogado, porque ainda não foi resolvido só na justiça, pois disse q ia devolver,mais só q com a devolução do dinheiro eles ião mandar serviço isso ta certo?

ALEXANDRE PASSINE disse...

Comprei um carro financiado através do um banco Santander e todas as parcelas estão quitadas, descobrir que a empresa colocou o meu nome no SERASA desde 2014 e abri um processo no Juizado de Pequenas Causas, o advogado da Empresa em audiência de Conciliação disse " que devido o meu nome está CPC SERASA através de outras empresas, não vai dar em nada para a Empresa dele, sem direitos a danos morais e citou a aplicação da Súmula 385 do STJ. sendo que quando o banco colocou meu nome no SPC E SERASA eu só era negativado no SPC E SERASA por dois cartões da DACASA financeira, Gostaria de saber por gentileza se procede e se tem outra Lei que sobrepõe a esta para usar ao meu favor. Desde já agradeço a atenção dispensada, aguardo resposta.

Emerson Guedes disse...

O que o advogado te disse procede. Se você tem outras restrições DEVIDAS, o entendimento é que não há dano moral, pois seu nome já estava negativado. O único "ganho" será a declaração de inexistência de débito.

Carmem Costa disse...

Minha mãe comprou um apartamento da prefeitura com contrato de gaveta, a dona do apartamento tinha morrido quem assinou foi a filha delana própria prefeitura (Barueri), minha mãe morreu e a prefeitura foi la e lavrou o apartamento diEnso q não tenho direito a nada nem a vender pq o apartamento e da prefeitura....minha mãe pagou 100mil, o q faço? Será q alguém pode me ajudar?

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse...

Boa noite!
Meu nome é Suzana e preciso de ajuda, no final de agosto fiz um empréstimo na nacional financeira ltda(nacionalfomentomercantil@gmail.com), só que eu teria que pagar um seguro e uma taxa de liberação no valor de R$ 47.500,00, pra conseguir esse dinheiro fiz vários empréstimos em instituições financeiras e utilizei todo o limite foi cartão crédito. A nacional financeira não me passou o empréstimo, acredito que cai em um golpe de estelionato, aí que agora tenho que pagar as empresas crédito as quais me ligam toda hora e todo dia, ameaçado que van em minha casa e em meu trabalho receber, já expliquei que assim que eu puder vou resolver, mais mesmo assim, me ligam a noite. De que forma eu posso resolver essa situação?
Sei que estou devendo, assumo, mais estou para ficar louca. O que devo fazer?

Unknown disse...

Minha mãe recebeu uma notificação da light, com uma série de informações técnicas que ao meu ver todas as notificações dos respeito a fase de distribuicão da energia, sendo que as instalações foi a light que fez e agora tá cobrando uma multa de 647,00. O que posso fazer ?
Meu e-mail : mauriciomonteiro.pr@gmail.com

Gracielle disse...

Fiz um acordo com minha empresa ela liberou o seguro desemprego quando fui sacar descobri q tem uma pessoa vinculado ao meu PIS PASEP com isso foi bloqueado meu seguro desemprego a previdência entende q ainda Tô trabalhando por conta desse vínculo já fui n caixa eles mandaram ir n ministério do trabalho mais eles falarão q tem q falar com a empresa q essa pessoa trabalha mais ninguém resolveu o quer devo fazer já tem 6 meses q tão me enrolando onde devo ir pra resolver isso